×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

CULTURA

0

Zilda Brandão
05/05/2009 às 9:8hs


Cláudio Tozzi, Gilberto Salvador, Luiz Paulo Baravelli, Marcello Nitsche e Samuel Szpigel expõe obras atuais e das décadas de 60 e 70 na mostra “Dois Tempos”, que abre dia 6, na AC Galeria de Arte

 

Expondo juntos pela primeira vez, os cinco artistas contemporâneos revelam o contraste de épocas ao apresentarem lado a lado peças inéditas e trabalhos produzidos há cerca de 40 anos

 

 

 

“O Astronauta’ (1969), de Tozzi, “Cuidado com o Tiro” (1967), de Gilberto Salvador, e “Mocidade” (2009), de Bavarelli

 

Cláudio Tozzi, Gilberto Salvador, Luiz Paulo Baravelli, Marcello Nitsche e Samuel Szpigel. Cinco grandes artistas brasileiros contemporâneos expõem juntos pela primeira vez na mostra “Dois Tempos”, que abre na próxima quarta-feira, dia 6 de maio, na AC Galeria de Arte.

 

A coletiva, organizada por Ana Cláudia Roso, propõe uma pequena comparação temporal, contrapondo obras recentes a peças produzidas há cerca de 40 anos.  Além do contraste de épocas, a exposição revela a vitalidade criativa dos cinco artistas, que seguem ativos no panorama artístico brasileiro.

 

‘Dois Tempos”, que fica em cartaz até o dia 10 de junho,  traz dois trabalhos de cada um dos artistas. Um, atual e exibido ao público pela primeira vez. Outro, criado nas décadas de 1960 ou 1970, período em que as artes plásticas brasileiras passavam por grande agitação de propostas e conceitos, com influência do momento político nacional e mundial, da cultura de massa, história em quadrinhos, propagandas, cinema e música.

 

Entre as obras selecionadas para a mostra estão “peças de colecionador”, que passaram por importantes exposições da época. Entre elas, está “Cafona’, de Marcello Nitsche, que participou da IX Bienal Internacional de São Paulo, em 1967, “A Madrugada”, de Luiz Paulo Baravelli, presente na 1ª Jovem Arte Contemporânea, em 1967, e “Cuidado com o Tiro”, de Gilberto Salvador, apresentada no Salão de Arte Contemporânea de Campinas, também em 1967

 

Exposição "Dois Tempos" - Coletiva de Claudio Tozzi, Gilberto Salvador, Luiz Paulo Baravelli, Marcello Nitsche e Samuel Szpigel

 

Local: AC Galeria de Arte

Endereço: R. José Maria Lisboa, 1008, sobreloja, Jd. Paulista - São Paulo

Telefone: (11) 3063 3707

Abertura: 6 de maio, quarta-feira, às 19h30 - Período expositivo: 7 de maio a 10 de junho de 2009

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, e sábado, das 10h às 14h

Valores das obras: de R$ 20 mil a R$ 150 mil - Classificação livre - Entrada gratuita

 


Recomendamos para você:
Portinari é apoiadora oficial da nova edição da CASACOR
Em novo formato este ano, a mostra Janelas CASACOR traz os revestimentos de uma das maiores marcas do País nas principais praças do Brasil
28/09 - Lançamento do livro AUTONOMIA FINANCEIRA - Livraria da Vila, SP
Após a revisão dos princípios cooperativistas, Rosalvi Monteagudo dá agora continuidade a seu trabalho investigativo na área social e o faz com muita segurança e disciplina.




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Cultura

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário