×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

CULTURA

Com programação para todas as idades os equipamentos terão diversas atividades de 12 a 15 de novembro; Museu da Casa Brasileira terá gratuidade no dia 15

Zilda Brandão
11/11/2016 às 16:50hs


Confira o que abre e fecha no feriado de Proclamação da República e aproveite as atrações da Secretaria da Cultura
Com programação para todas as idades os equipamentos terão diversas atividades de 12 a 15 de novembro; Museu da Casa Brasileira terá gratuidade no dia 15



Os equipamentos da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo estão com programação variada para quem vai curtir o feriadão na capital. De 12 a 15 de novembro, os visitantes podem conferir o 12º Festival de Cinema Italiano, que irá homenagear o ator Marcelo Mastroianni, no Museu da Imagem e do Som (MIS-SP),a exposição Portugal Portugueses – Arte Contemporânea, no Museu Afro Brasil e O Futebol Nas Olimpíadas, no Museu do Futebol. O público também pode aproveitar para conhecer o acervo e participar das atividades na Pinacoteca de São Paulo, Estação Pinacoteca e Memorial da Resistência, na segunda-feira (14), quando os três museus abrem as portas.

Para os fãs de leitura, as Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos oferecerão diversas atividades como o Bebelê e a Hora do Conto, durante todo o fim de semana. As Fábricas de Culturatambém promovem atividades gratuitas para todas as idades em diversas unidades. Espetáculos de dança e shows ganham espaço no feriadão, com apresentações no Teatro Sérgio Cardoso.

Informações e programação completa estão disponíveis na plataforma SP Estado da Cultura, que reúne eventos de todo o estado – acesse www.estadodacultura.sp.gov.br.

Confira os destaques:

O Museu da Imagem e do Som (MIS-SP), recebe de 14 a 20 de novembro, o 12º Festival de Cinema Italiano, que irá homenagear o ator Marcelo Mastroianni, exibindo sete de seus maiores filmes: Um dia muito especial (dir. Ettore Scola), O belo Antônio (dir. Mauro Bolognini), Matrimônio à italiana (dir. Vittorio De Sica), A noite (dir. Michelangelo Antonioni), Os companheiros (dir. Mario Monicelli), Casanova ´70 (dir. Mario Monicelli) e Allonsanfàn (dir. Vittorio Taviani e Paolo Taviani). Além dos longas, o MIS também recebe uma exposição fotográfica que retrata a carreira cinematográfica de Mastroianni. Entrada gratuita e confira os horários no site www.mis-sp.org.br. O espaço fecha às segundas-feiras.

Com entrada gratuita aos finais de semana e feriados, o Museu da Casa Brasileira possui uma coleção permanente de exemplares do mobiliário dos séculos XVII ao XXI e reforça. O espaço tem um jardim de 6.000m², ideal para se sentir mais próximo à natureza em meio a uma das avenidas mais movimentadas de São Paulo e conhecer o acervo do espaço. A instituição fecha às segundas-feiras.

Já o Museu Afro Brasil, está em cartaz com a exposição Portugal Portugueses – Arte Contemporânea.Considerada a maior exposição de arte portuguesa contemporânea já realizada no país, a mostra integra uma trilogia sobre a mais nova produção artística da África, de Portugal e do Brasil, permanece em cartaz até 08 de janeiro de 2017. O Museu fecha às segundas-feiras.

A Casa das Rosas funcionará normalmente no feriado e o público poder aproveitar para conferir conhecer o Museu-Casa, sua varanda e jardim, localizado na Avenida Paulista. A entrada é gratuita todos os dias. O espaço fecha às segundas-feiras.

O Museu do Futebol exibe até 30 de dezembro a exposição “O Futebol nas Olimpíadas”, que reconta a trajetória do torneio olímpico de futebol, presente nos Jogos como modalidade demonstrativa em 1900 e competitiva a partir de 1908, com a participação do torneio feminino somente 88 anos depois. O espaço fecha às segundas-feiras.

No Museu Catavento, o público pode conferir as250 instalações divididas em quatro seções (Universo, Vida, Engenho e Sociedade), cada uma delas elaborada com iluminação e sons diferentes, que contribuem para criar atmosferas únicas e envolventes no espaço. Atrações como aquários de água salgada, anêmonas e peixes carnívoros e venenosos, uma maquete do sol e uma parede de escaladas onde é possível ouvir histórias de personalidades como Gengis Khan, Júlio César e Gandhi, são apenas alguns exemplos de como o visitante pode aprender e se divertir ao mesmo tempo. O Catavento fecha às segundas-feiras.

O Museu da Imigração apresenta o espetáculo “Pequenas Histórias – seis fragmentos teatrais sobre a Hospedaria de Imigrantes”, a partir de relatos de imigrantes e de documentos preservados pelo espaço, aos domingos, às 15h00, até 11 de dezembro. A instituição museológica fecha às segundas-feiras.

Já a Pinacoteca de São Paulo, que fecha às terças-feiras, mas abre às segundas, está em cartaz com a exposição“Galeria José e Paulina Nemirovsky - Arte moderna”, que reúne uma seleção de mais de 100 peças dos acervos do Museu, da Fundação José e Paulina Nemirovsky e da Coleção Roger Wright. A mostra faz a conexão entre a exposição do segundo andar “Arte no Brasil: Uma história na Pinacoteca de São Paulo” e a exposição “Vanguarda brasileira dos anos 1960 – Coleção Roger Wright”. Com isso, a Pina passa a ser o único museu de São Paulo que com 700 obras, distribuídas em 2mil metros quadrados e que contam a História da Arte no Brasil do período colonial até os anos 1970.

Assim como a Pina, a Estação Pinacoteca e o Memorial da Resistência, também abrem às segundas-feiras e fecham às terças-feiras. A Estação Pinacoteca está com a exposição “Situações: a instalação no acervo da Pinacoteca de São Paulo”, que reúne 13 obras de 13 artistas brasileiros ou aqui residentes, entre eles GutoLacaz, Jac Leirner, Cildo Meireles, Carla Zaccagnini e Mariana Manhães. As obras presentes nessa mostra – todas pertencentes ao acervo da Pinacoteca – apresentam diferentes formas de apropriação do espaço e de relação entre o público e trabalho de arte. Já no Memorial da Resistência, é possível conferir a exposição de longa duração que faz uma reflexão sobre o controle, a repressão e a resistência no período da ditadura militar no Brasil.

Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos
Exceto na segunda-feira (14/11), os espaços funcionam normalmente nos dias 12, 13 e 15 de novembro com atividades para toda a família. A Biblioteca de São Paulo oferece no sábado (12) as atividadesJogos Para Todos, das 11h00 às 13h00; Bebelê, das 15h00 às 15h45 e Hora do Conto, das 16h00 às 17h00, com o Grupo Mãos de Fada. No domingo (13), o espaço promove o Bebelê, das 11h30 às 12h15 e Hora do Conto, das 16h00 às 17h00, com Lili Flor e Paulo Pixu. Na terça-feira (15), feriado, os frequentadores poderão acompanhar a Hora do Conto, das 16h00 às 17h00, com Lune Cia. de Teatro.

Já a Biblioteca Parque Villa-Lobos oferece no sábado (12) o Bebelê, das 10h30 às 11h15; Poemas Infantis – Patacoada, das 11h00 às 12h30 e Jogos Para Todos, das 15h00 às 17h00, Hora do Conto,das 16h00 às 17h00, com Histórias da Bibs. No domingo (13), os frequentadores poderão aproveitar Bebelê, das 10h30 às 11h15; Domingo no Parque, das 11h00 às 16h00 e Hora do Conto, das 16h00 às 17h00, com Cia. do Liquidificador. Na terça-feira (15), as atividades serão Hora do Conto, das 16h00 às 17h00, com Mirella Estelles e Jogos Sensoriais, das 16h30 às 17h30.

Recomendamos para você:
Projeto OPY convida: Curando com a arte indígena
Projeto OPY convida: Curando com a arte indígena
Arte de Fernando Botero na Lincoln Road
Exposição de 13 monumentais esculturas em bronze do artista colombiano Fernando Botero




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Cultura

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário