×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

CULTURA

0

Zilda Brandão
17/03/2013 às 20:29hs




Studio de Arte Robson Britto e Beth Szafir
Convidam para o coquetel de abertura da Mostra do renomado Artista Plástico Francês Liam Porisse


Exposição "The Kingdom of Fantoche"
Dia 21 de março de 2013 a partir das 19hs a 05 de abril de 2013
Rua Major Prado, 24 - Moema
Fone: 11-3061-1057
Das 10hs as 19h30 de segunda á sexta
sábado das 10hs as 17hs


Liam Porisse - Paris

Liam Porisse nasceu em 1962 na Inglaterra, filho de pai francês e mãe Irlandesa e sempre conviveu no mundo da arte. Sua avó paterna abriu uma galeria de arte em 1947 em Montmartre, Paris e uma outra em Cannes e expôs pela primeira vez Bernard Buffet (1928-1999), um jovem artista de 20 anos até então desconhecido. Seu pai Julien Porisse é artista e vendeu mais de 9000 telas em sua vida; ele tem 85 anos e ainda pinta.

Aos 9 anos de idade Liam Porisse vendeu seu primeiro quadro e desde então tem feito inúmeras exposições na Europa, principalmente na França, onde vive. Formou-se na B.A. Fine Art. Leicester Polytechnic em 1984 na Inglaterra e complementou sua formação na Ecole Nationale des Beaux Arts de Paris. Fez quadros figurativos, abstratos, pops e experimentou várias outras linguagens artísticas até 1994, quando começou a pintar diretamente sobre as telas, usando tubos de tinta de uma maneira “anarquista” . Liam classifica sua arte hoje como “punk expressionism” e foi influenciado por artistas como Robert Combas, Jonathan Meese, Jean Michel Basquiat e Andre Butzer, artistas que têm força e personalidade, qualidades que Liam acredita serem importantes na arte

Em 2011 participou da Bienal de Firenze, Itália, onde foi premiado (5º lugar) e no mesmo ano recebeu a Medalha de Ouro no Salão de Belas Artes no Grand Palais, em Paris.

“Eu não tenho interesse na representação, na figuração comercial ou em arte que não tem outro significado que não o decorativo. Eu prefiro que alguém não goste da minha parte em vez da indiferença”



"Eu capturo espíritos, fantasmas, e o diálogo existente entre esses espíritos subsconscientes ou criaturas e eu mesmo. Em São Paulo eu sinto que há uma presença enterrada abaixo do solo, nas profundezas da cidade . As vozes daqueles que morreram vindo do outro mundo. Os vira latas, o concreto, o desumano, as favelas, os jardins, misturados com os sorrisos e a doçura daqueles que servem o “Mandrill King” (Rei dos Macacos) me ajudaram a produzir esta série de pinturas chamada “Kingdom of fantoche”
(Reino do Fantoche)

“If I knew what art was, I would keep it to myself” (Pablo Ruiz Picasso)
www.liamporisse.com

Exposição de 22 /03 a 05/04/2013
Studio de Arte Robson Britto

Rua Major Prado, 24 - Moema
Fone: 11- 3061-1057
Aberta de segunda á sexta das 10hs as 19h30
Sábado das 10hs as 17hs - domingo fecha.
Espaço para estacionamento na entrada
Visita monitorada

Leia o que já foi publicado sobre Romero Britto





ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Cultura

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário