×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

CULTURA

0

Zilda Brandão
06/01/2012 às 12:11hs


O LAÇO E O ABRAÇO - Mario Quintana

O LAÇO E O ABRAÇO - Mario Quintana

Meu Deus! Como é engraçado!
Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço... uma fita dando voltas.
Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto: está dado o laço.
É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de braço.
É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido, em qualquer coisa onde o faço.

E quando puxo uma ponta, o que é que acontece?
Vai escorregando...
devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido
. E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.

Ah! Então, é assim o amor, a amizade.
Tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita.
Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora, deixando livres as duas bandas do laço.
Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade.

E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços.
E saem as duas partes, igual aos meus pedaços de fita,
sem perder nenhum pedaço.
Então o amor e a amizade são isso...
Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam.
Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço...


Recomendamos para você:
Portinari é apoiadora oficial da nova edição da CASACOR
Em novo formato este ano, a mostra Janelas CASACOR traz os revestimentos de uma das maiores marcas do País nas principais praças do Brasil
Arte de Fernando Botero na Lincoln Road
Exposição de 13 monumentais esculturas em bronze do artista colombiano Fernando Botero




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Cultura

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Maria Beatriz Marinho dos Anjos
02/09/2012 - 18:27
O texto acima é de minha autoria e não de Mário Quintana como circula na internet.Está registrado no EDA como poesia e suaa cópia está adulterada. Verfique tb Wikote ,Mário Quintana, Falsas atribuições. Solicito corrigir autoria ejá agradeço. Att, Maria Beatriz Marinho dos Anjos

Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário