×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

CULTURA

0

Zilda Brandão
14/07/2011 às 14:57hs


Galeria Choque Cultural apresenta a mostra Novos Planos. Artista assina um dos maiores painéis urbanos de São Paulo

 

A partir de 16 de julho, o artista plástico Daniel Melim apresenta cerca de 20 trabalhos na exposição individual Novos Planos, na Galeria Choque Cultural. Até 27 de agosto, o público poderá ver, gratuitamente, a evolução da pintura de Melim, que já expôs no MASP e ao lado do inglês Banksy.

 

Especialista em stencil art, Daniel Melim também é responsável por um gigantesco painel recém-inaugurado na Avenida Prestes Maia, 931, com mais de 30 metros de altura. E é a partir de sua pintura, que Melim desenvolve a pesquisa desta que é sua terceira exposição individual na galeria paulistana. “Estou pesquisando novas possibilidades de planos pictóricos e mídias, como a animação, por exemplo”, revela.

 

Novos Planos terá 17 telas, uma animação, recortes em metal, pequenas instalações espalhadas pela galeria e alguns trabalhos em menor dimensão, suportes e elementos que a tornam multimídia. Tudo isso é resultado da relação entre artista-rua-ateliê. Na paisagem urbana, Melim pinta em grandes dimensões e compõe aproveitando texturas e volumes que encontra na cidade. No ateliê, ele constrói seus suportes usando texturas de velhas placas de propaganda e telas que podem ter variadas dimensões, desde uma incomum 200 x 60 cm até uma já tradicional de 1,80 x 2,50 metros.

 

A base de sua pintura é o estêncil, técnica de pintura feita com máscaras vazada, muito usada por europeus (Banksy, por exemplo) embora pouco difundida aqui no Brasil. Para preparar os seus estênceis, Daniel Melim costuma se apropriar de imagens clichês, que foram muito usadas em ilustrações, publicidades e quadrinhos dos anos 50. “Gosto de tirar essas imagens da sua base original e tentar subverter a questão da propaganda ou o meio original para o qual aquela imagem foi criada, ou ainda montar e editar essas imagens, criando um novo sentido para elas”, descreve.


Além de sua carreira em galerias e museus, Daniel Melim desenvolve voluntariamente o Projeto Limpão, um site specific em proporção gigantesca, em São Bernardo do Campo. Trata-se da ocupação de todo um morro, com pinturas nas fachadas das casas, nos corredores e praças do local. As casas do bairro são construídas pelos próprios moradores, num típico exemplo da arquitetura urbana paulista, sem pertencer a um projeto urbanístico coerente. Esse trabalho de fôlego não tem data pra acabar: ele vai sendo construído aos poucos, em parceria com ‘o pessoal da capoeira’, nos fins de semana, com a anuência e admiração da comunidade.



Choque Cultural
A Choque Cultural não é apenas um projeto de galeria comercial, envolve também educação e compromisso sócio-cultural. A sua principal missão é aproximar o público jovem das artes plásticas, incentivando o colecionismo, produzindo conhecimento e promovendo intercâmbios.

 

Desde a sua fundação, em 2003, o projeto apresentou mais de 200 artistas brasileiros, trouxe para o Brasil mais de 50 artistas internacionais, levou brasileiros à Europa e Estados Unidos em mais de 10 grandes exposições, editou muitas gravuras e livros. Os proprietários Mariana Martins, Baixo Ribeiro e Eduardo Saretta criaram um importante network global, entre galerias, artistas e colecionadores, além de terem chamado a atenção de instituições e museus por todo o mundo.


Novos Planos, de Daniel Melim @ Choque Cultural

Abertura: 16 de julho, às 14h

Rua João Moura, 997, Pinheiros, São Paulo

Telefone: (11) 3061-4051

 


Recomendamos para você:
Mostra 3M de Arte celebra 10ª edição que discute o coletivo e o urbano
Com seis artistas convidados e quatro selecionados via edital público, a Mostra acontece no Parque Ibirapuera a partir de 07 de novembro, Projeção 3D do projeto Objeto Horizonte, do Coletivo Foi à Feira, selecionado via edital
Vicunha recebe Amy Leverton, autora do icônico livro Denim Dudes
Leverton fala sobre o futuro do mercado jeanswear no lançamento da coleção SS21 da Vicunha




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Cultura

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Carla
15/07/2011 - 11:04
Delicia os chocolates Russos ! Quanto ao Muralismo é realmente de grande expressão. Parabéns Daniel Melim pela realização e Zilda pela divulgação.

Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário