×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

TURISMO

0

Zilda Brandão
23/09/2013 às 16:1hs


Grand Canyon

No norte do Arizona encontram-se diversos pontos turísticos conhecidos mundialmente, entre eles o magnífico Grand Canyon. Muitos visitantes, no entanto, não sabem tudo o que o lugar pode lhes oferecer, como as paisagens distintas e inspiradoras nas diferentes entradas do parque, as muitas aventuras ao ar livre para aqueles que gostam de adrenalina ou ainda as experiências mais indicadas para grupos e famílias.

O Grand Canyon pode ser acessado por três diferentes entradas, chamadas de Rims. A South Rim, uma das principais, fica a apenas 1h30 de Flagstaff e 4h da capital Phoenix. Recomenda-se que o turista visite por pelo menos 3 dias a atração para que possa conhecer seus belíssimos panoramas, visitando-a de forma mais autêntica. Esta entrada é ótima para grupos grandes ou famílias com crianças, que podem fazer tours de helicópteros, tours guiados em mulas ou carros ou, para os mais aventureiros, escaladas e raftings no imponente Rio Colorado, que corta todo o parque. O valor para visitação tem um ótimo custo-benefício, de apenas 25 dólares válidos por uma semana inteira.

Veja o Rio Colorado no Google Mapas

Dentro do parque, próximo à South Rim, estão localizados sete =lodges em cima dos canyons e um na parte de baixo. Se hospedar em um deles é uma forma excelente de vivenciar o parque e sua beleza natural ao máximo, do amanhecer até o pôr-do-sol. E por ser uma experiência tão especial, os quartos são muito concorridos e é preciso reservar com bastante antecedência. Caso estejam lotados, é possível também se hospedar na cidade mais próxima, Tusayan, muito bem preparada para receber turistas, com diversos restaurantes e uma vida noturna agitada. Entre os hotéis na região, estão El Tovar, Canyon Plaza Resort e o Red Feather Lodge. Só lembrando que acampamentos não são permitidos.

Uma forma bastante interessante de chegar ao parque (South Rim) é por meio de um trem que sai da cidade de Williams. Famoso por suas excursões temáticas, é uma ótima atração para as crianças. Durante a excursão Polar Express, por exemplo, os pequenos vestem pijamas, tomam chocolate quente e são visitados por ninguém menos do que o Papai Noel.

A North Rim, aproximadamente 30 quilômetros de distância da South Rim, fica aberta entre maio e outubro, dado que durante os meses de inverno a neve impossibilita sua visitação. É uma parte mais intocada do parque, com menos visitações turísticas. Quem prefere lugares mais distantes da civilização e de beleza incomparável não vai querer ir embora. Por ter apenas um lodge dentro do parque nesta região, a acomodação é ainda mais limitada.

Já a West Rim, localizada fora do parque nacional do Grand Canyon, por ser próxima de Las Vegas, é usualmente visitada por quem hospeda-se na cidade. A principal atração da área é a Skywalk, uma ferradura de vidro que serve como ponto de observação dos canyons.

Independente da entrada escolhida, o Grand Canyon é dono de uma beleza tão grandiosa que inspira seus visitantes. Não é por acaso que foi eleito uma das sete maravilhas naturais do mundo.

Clique aqui e saiba mais informações em nosso site oficial. 




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Turismo

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário