×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

MODA

0

Zilda Brandão
08/02/2009 às 22:35hs


Ricci&Colella/inverno 2009


Homens elegantes encontram alfaiataria contemporânea


Dessa vez é o estilo inglês, com seus cortes, tradição e história, que inspira a coleção masculina de inverno 2009 da Ricci&Colella. Em evidência, os trajes elegantes e funcionais da moda britânica (considerada o berço da alfaiataria), em contraste com as novas tendências de acabamentos, cores, matérias-primas e formas.


Privilegiando o homem atual e sofisticado, cada vez mais antenado à moda, porém sem abrir mão das tradições de alfaiataria, para o inverno 2009a Ricci&Colella mantém os padrões rústicos e os temas fantasia como tweed, príncipe de Gales e xadrezes.


Nas formas, coletes complementam os paletós-jaquetão numa releitura mais seca e curta, tudo com modelagem slim e de cintura marcada, inclusive nas calças. A tendência das formas mais estreitas também pode ser vista nas golas, lapelas e até gravatas. Outra novidade são as calças com pregas, que já voltam às passarelas.


Os materiais são nobres e naturais como a lã com cashmere e lã pura como as S´100, 120, 130 e 150. Para inovar, tecidos como veludo (liso e cotelê) com elastano e algodão com elastano.


Para o inverno 2009, além dos trajes super-atuais, a estilista Carmem Tanno preparou uma cartela de cores que viajam entre os diversos tons do chino ao cáqui, passando pelo verde militar, camelo, tons de café, marinho, cinza e preto. Outro detalhe pode ser visto nos botões de cristal swarovsky aplicados às peças em veludo, uma combinação elegante.


As linhas estão separadas em alfaiataria premium, casual e urban.







Sobre a Ricci&Colella


A marca é comandada pelos alfaiates descendentes de italianos Nicola Colella e Wilson Ricci, desde a década de 60 quando, àquele época, os ternos eram produzidos exclusivamente sob medida, com processos 100% artesanais. Atualmente, para manter a nobreza dos costumes, blazers e calças, a empresa utiliza maquinário de alta tecnologia sem abrir mão de procedimentos manuais, assegurando o caimento perfeito, tradição da marca que pode ser vista na produção de mais de 300 mil peças/ano entre as linhas masculina e feminina.


Para garantir a qualidade de seus produtos e respeitando os princípios mais puros da alfaiataria, a marca privilegia a silhueta do corpo em peças que chegam a ter 120 etapas de produção. São cerca de 420 funcionários num parque fabril de 4.500m2 com todos os processos realizados internamente e sem nenhuma etapa de terceirização, o que é um diferencial no mercado de moda brasileiro.


A receita de sucesso da marca é o resultado do sério trabalho dos sócios, sobretudo no cuidado com o acabamento e em parcerias tradicionais com os principais lanifícios do mundo como o brasileiro Paramount, o italiano Reda (um dos mais antigos do mundo, sendo referência mundial no assunto) e a uruguaia Paylana.


Ricci&Colella

www.riccicolella.com.br

 


Recomendamos para você:
Quem não ama o Mickey?
O carisma desse ratinho faz com que seja impossível não gostar dele!
42 anos da morte do figurinista brasileiro Dener Pamplona de Abreu
Registros de sua trajetória profissional estão preservados pelo Centro de Memória Bunge e podem ser acessados mediante agendamento




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Moda

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário