EVENTOS
08 à 13/10, shows internacionais no JazzNosFundos e JazzB, São Paulo

JazzNosFundos e JazzB: Confira a programação completa abaixo

08/10/2019 às 15:36


Nesta semana, de 8 a 13/09, shows internacionais são destaques no JazzNosFundos e JazzB, em São Paulo

São Paulo, outubro de 2019 - A partir de amanhã, entre os dias 8 e 13 desembarcam nos palcos do JazzNosFundos e JazzB diversos músicos estrangeiros para movimentar ainda mais as casas de jazz, sediadas nos bairros de Pinheiros e República, respectivamente.

Na terça-feira, (8), o banda Manouchka, de Portugal, desembarca no palco do JNF ao lado dos Smoke Rings para uma noite regada a canções autorais mexicanas no Festival de Jazz Manouche e abre a programação musical internacional das casas, que recebem até domingo (13), shows como o do pianista finlandês Antti Lähdesmäki, do clarinetista chileno Sebastian Abuter com o inglês Robin Nolan, do saxofonista e compositor francês Ohad Talmor, do violinista romeno Florian Cristea, entre muitos outros.

08/10, às 21h e 23h – Smoke Rings (MEX) e Manouchka (POR)



A banda de jazz manouche de Guadalajara encheu casas de show por todo México e não é para menos: sua mistura de gipsy com suíngue faz de sua proposta musical uma verdadeira delícia. O primeiro disco dos Smoke Rings saiu em 2015 e, desde então, tiveram turnês por Argentina e Colômbia para apresentações em festivais. Com repertório que mescla canções autorais e standards, o grupo avança para consolidar-se na cena mexicana e internacional de Jazz graças ao seu estilo que rompe barreiras e aventura-se por sons pouco conhecidos.

O Trio Manouchka é a banda mais prestigiada a tocar a música de Django Reinhardt em Portugal e a única com reconhecimento internacional. Desde 2014 que o guitarrista Nuno Marinho se dedica a promover o gênero em Portugal e a atuar com músicos de Gypsy Jazz em Nova York, Paris, Londres, Amsterdam e Índia. Com o virtuoso violinista ucraniano Marian Yanchyk e o talentoso guitarrista espanhol Mario Pousada apresentam Jazz de Paris nos Anos 30. Para este Festival, virão ao Brasil como duo, Nuno Marinho (violão) e Marian Yanchyk (violino) e se apresentarão com o acordeonista Marcelo Cigano e o baixista Nando Vicencio.

SERVIÇO
Rua Cardeal Arcoverde, 742 - Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos: R$20 a R$45
Horário: 21h


09/10, às 21h30 - Antti Lähdesmaki Brazilian Quartet



Após uma bem sucedida turnê europeia em julho deste ano, o pianista finlandês Antti Lähdesmäki traz pela primeira vez ao Brasil seu "Brazilian Quartet", com o qual apresenta composições suas e de seus integrantes. A inspiração vem da Música Universal dos mestres Hermeto Pascoal e Itiberê Zwarg, mescladas à estética do fusion e do jazz escandinavos.

Com Antti Lähdesmäki (piano), Mariana Zwarg (flauta), Sá Reston (baixo elétrico) e Ajurinã Zwarg (bateria).

SERVIÇO:
Rua Cardeal Arcoverde, 742 - Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos: R$20 a R$45
Horário: 21h30


10/10, às 21h e às 23h – Sebastian Abuter trio (CHI) e Robin Nolan (ING)



O virtuoso clarinetista chileno Sebastian Abuter faz apresentação intimista no melhor estilo do gypsy jazz, com seu trio. Terá como convidada especial a cantora Giuliana Nogueira. O músico inglês Robin Nolan, radicado em Amsterdam (Holanda), nasceu em 1968 enquanto seus pais se apresentavam para as tropas americanas em guerra, já desde então imerso na vida de músico itinerante. Em sua infância em Hong Kong, seu aprendizado musical passou pelo Rock, Blues e Jazz até chegar ao estilo ao qual apaixonadamente tem dedicado sua vida: a música cigana de Django Reinhardt.

Com mais de dois milhões de acessos em seu canal no YouTube, o Gypsy Jazz Secrets, Robin Nolan é uma das maiores autoridades mundiais em tudo o que é Gypsy Jazz. Seu trio já tocou no festival Django Reinhardt em Samois, França, várias vezes como headliner, ele viajou pelo mundo fazendo shows em muitos dos mais prestigiados locais e festivais do mundo do jazz.

Com Bina Coquet, Danilo Vianna e Fernando Seifarth. Convidado especial Florian Cristea

SERVIÇO
Rua Cardeal Arcoverde, 742 - Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos: R$20 a R$45
Horário: 21h e 23h


11/10, às 22h – Art Blakey por Cuca Teixeira



Art Blakey, referência para todos os bateristas do mundo, é considerado um dos maiores músicos da história por seu jeito inovador e explosivo de tocar, desde a sua época até hoje. Para homenageá-lo, convidamos um dos mais importantes bateristas brasileiros, Cuca Teixeira, para comandar um tributo. No palco, os principais arranjos de standards americanos imortalizados pelo grande Art Blakey e seus Jazz Messengers.

Também conhecido como Abdullah Ibn Buhaina, Blakey foi um baterista americano e um dos inventores do estilo bebop no instrumento, junto com Kenny Clarke e Max Roach. Na juventude, tornou-se pupilo do lendário baterista Chick Webb, o que serviu para seu grande aprendizado. Em 1937, voltou para Pittsburgh, sua cidade natal, e formou sua própria banda com a pianista Mary Lou Williams, com quem realizou turnês ao lado de artistas como Charlie Parker, Fletcher Henderson e Sarah Vaughan. Em 1948, Art Blakey visitou a África, onde aprendeu a tocar bateria polirrítmica e se converteu ao Islamismo, adotando o nome Abdullah Ibn Buhaina. Blakey fez incessantes turnês ao longo dos anos, com sua banda, a Jazz Messengers, que o acompanhou até a morte.

Com Cuca Teixeira (bateria), Daniel D'Alcântara (trompete), Gabriel Gaiardo (teclado), Bruno Migotto (baixo) e Vitor Alcântara (saxofone)..

SERVIÇO
Rua Cardeal Arcoverde, 742 - Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos: R$25 a R$50
Horário: 22h


10/10, às 21h – Samuel Pompeo 5teto convida Ohad Talmor



No final do século XIX e começo do século XX, a mistura única da música europeia com o ritmo e a melodia da música africana germinavam quase que simultaneamente em New Orleans e no Rio de Janeiro. Dessa mistura nascem dois gêneros: o choro e o jazz. A semelhança de elementos no início e a distância no presente entre os dois gêneros intrigou o saxofonista Samuel Pompeo, que busca, com este trabalho, a síntese da sonoridade do choro contemporâneo.

Para esse show no JazzB - e em busca de possíveis fusões entre elementos do choro e do jazz -, o Samuel Pompeo Quinteto dividirá o palco com um dos grandes nomes da cena jazzística mundial atual, o saxofonista, compositor e arranjador Ohad Talmor.

Com Ohad Talmor (sax tenor), Samuel Pompeo (sax barítono, sax soprano, clarone, composições e arranjos), Dino Barioni (guitarra, composições e arranjos), Fabio Leandro (piano), Gibson Freitas (contrabaixo) e Paulinho Vicente (bateria).

SERVIÇO
Rua General Jardim, 43 - República, São Paulo/SP
Ingressos: R$35
Horário: 21h


12/10, às 22h - Matt Witek, Felipe Silveira e Thiago Alves



O baterista Matt Witek, residente em Los Angeles, já excursionou com o John Pizzarelli Quartet, Graham Dechter Quartet, Larry Fuller Trio, Katie Thiroux Quartet e trabalhou com vários artistas, entre eles, John Clayton, Ben Wolfe, James Morrison, Ken Peplowski, Ralph Moore, Scott Hamilton, Harry Allen, Bucky Pizzarelli, John Morrison e Anthony Wilson. O músico se junta ao pianista Felipe Silveira e ao contrabaixista Thiago Alves, ambos com constante presença na noite de São Paulo, para uma noite de muito suígue, apresentando um repertório de temas e standards de jazz, influenciados pelo som dos trios de Oscar Peterson, Wynton Kelly, Ray Brown, Shelly Mane e Jeff Hamilton.

A noite ainda terá a participação super especial da renomada contrabaixista e cantora Katie Thiroux, também residente em LA, onde seu álbum mais recente, "Off Beat", foi premiado como "Best Album Of 2018" pela "Downbeat Magazine". Katie também é diretora do "Women in Jazz", no Monterey Jazz Festival, e é a artista número 1 em vendas da Capri Records.

Com Matt Witek (bateria), Felipe Silveira (piano) e Thiago Alves (contrabaixo) e convidada Katie Thiroux (voz e contrabaixo).

SERVIÇO
Rua General Jardim, 43 - República, São Paulo/SP
Ingressos: R$35 a R$45
Horário: 22h


13/10, às 13h30 – Tributo a Django Reinhardt e Stephane Grappelli com Florian Cristea e all stars jam



O violinista romeno Florian Cristea nasceu em Buzau, em 1967, e teve seus primeiros estudos musicais com seu pai, Gica Cristea. Frequentou escola de música até 1983, quando entrou no Conservatório de Bucareste e começou a ganhar competições, como o primeiro lugar no Concurso Nacional de Música. Em 1985, tornou-se aluno de Ion Voicu e, depois, em 1990, participou de várias orquestras romenas e excursionou pela Alemanha, Suíça, França, Estados Unidos, Finlândia e Turquia. Mora no Brasil há 21 anos, desde que foi convidado pelo maestro brasileiro Claudio Cruz para tocar na principal orquestra do Brasil, a OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo).

Apesar de ter formação acadêmica, Florian toca jazz há anos. Para ele é perfeitamente natural transitar entre os dois estilos. Nesta apresentação, que finaliza as atividades do Festival de Jazz Manouche no Brasil, Florian organizará uma Jam Session com integrantes dos grupos participantes do evento, com temas em homenagem ao violonista belga Django Reinhardt e o violinista francês Stephane Grappelli.

SERVIÇO
Rua Cardeal Arcoverde, 742 - Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos: R$20 a R$45
Horário: 21h

Telefone: (11) 3083-5975
Estacionamento (não conveniado): Rua João Moura, 1076

jazznosfundos.net/home.php

@jazznosfundos



Envie por email para um amigo

Leia mais sobre Eventos


COMENTÁRIOS

Não há comentário postado até o momento

COMENTE

Seu nome:
Seu email:
Deixar seu email visível: 
Cidade/Estado:

Escreva seu comentário


Digite o código abaixo:
33627



Canadá Inesquecível

HOME
QUEM SOMOS
FALE CONOSCO
TV ZILDA BRANDÃO
COLUNA ZILDA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mira & Destino é um site de informações turísticas, gastronômicas, negócios e novidades no mercado voltado para o público de alto luxo. Nossa intenção é trazer sempre o que de melhor acontece no mundo
BUSCA DE NOTÍCIA
RECEBA NOTÍCIAS