×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

EVENTOS

0

Zilda Brandão
10/09/2008 às 17:15hs



Um grupo de 12 empresas brasileiras estará na Mod´Amont e na Le Cuir a Paris, na França, apresentando inovações desenvolvidas a partir do Fórum de Inspirações Inverno 2009


De 23 a 26 de setembro, empresas de componentes para couro, calçados e artefatos do Brasil vão marcar presença na Mod´Amont, e Le Cuir a Paris, na França, feiras conceituadas em todo o mundo na área de produtos para o setor calçadista, moda, design e vestuário. “Nesta edição, estaremos presentes nos dois eventos com 12 empresas, ampliando ainda mais a presença do Brasil e destacando a criatividade do nosso setor. Temos moda e qualidade a oferecer para clientes de todos os segmentos que buscam diferenciais em suas coleções”, destaca o Vice-presidente de Mercado Externo da Assintecal (Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos), Evandro Kunst.

“Esta feira é uma referência para o setor de moda, que atrai as atenções de todos os envolvidos com moda e design no mundo”, reforça Kunst. Durante o evento, a exposição ‘’Um Brasil de Componentes’’, apresentará a versatilidade e  criatividade dos fabricantes brasileiros, através da aplicação de materiais diferenciados em protótipos para os segmentos de decoração, confecção, calçados, artefatos, móveis, semi jóias e utensílios. A mostra é promovida pela Assintecal e apoiada pela Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Entre as empresas participantes está a Casquinha Moda em Madeira, de Campo Bom. Segundo o proprietário da empresa, Jairo de Andrade, os materiais brasileiros estão ganhando cada vez mais espaço na Europa. “A capacidade criativa dos brasileiros para desenvolver produtos diferenciados é o que conquista os europeus. Um exemplo disso, é a qualidade que oferecemos através do acabamento artesanal dos nossos produtos’’, destaca Andrade. A Mod´Amont oferece materiais para todos os setores da moda, abrangendo esportes, lingerie, calçados, materiais de couro, chapéus industriais, jóias e outros segmentos conectados, como embalagens e automotivo. “A feira é uma excelente oportunidade para realização de novos negócios de alto valor agregado”, destaca Andrade.

Na Mod'Amont que recebe pela quinta vez empresas brasileiras, estão confirmadas as seguintes empresas: Casquinha (ornamentos de madeira, miçangas, fivelas, botões, medalhões, argolas e alças para bolsas), La Dumaux (apliques para vestuários, broches para sapatos, acessórios para bolsas, flores em diversos tecidos e formatos, acessórios para noivas e damas de honra), Metalsinos (metais para calçados, acessórios, confecção e puxadores para móveis), Rollafio (elástico, trança, fita de reforço, meia cana e fitas auto adesiva, gorgurão, tecido estreito, fitas para estampar couros e tecidos a quente, zipper), Sander (uma variada gama de itens fabricados naturalmente ou tingidos em chifre e osso bovino, como botões, fivelas, puxadores de mala de mão, ornamentos de bolsas e calçados; itens de bijuterias) e Vive Bella (enfeites para calçados, acessórios e bijuterias).

 

Na Le Cuir a Paris, seis outras empresas brasileiras estão em evidência: Ala Pescados (couro de peixe), Berlonzi (couro pintado à mão, desenvolvimento de produtos customizados para sapatos, bolsas, cintos, vestuário e decoração), Ecofashion (laminado de borracha natural, botões e fivelas em coco natural e chifre de boi, tecidos diferenciados e desenvolvimentos exclusivos em rústicos, entre outros), Nova Kaeru Exotic Leathers (couros de peles exóticas, notadamente as de peixes, rãs e avestruzes), Skin Fish (couro de peixe) e Zenith (tecidos diferenciados, brocados, palhas, jutas, cortiças, cetins, algodão, estampados, laminados). A presença da indústria de componentes em ambas as feiras foi ativada através de uma parceria entre ASSINTECAL e APEX-Brasil (Agência de Promoção de Exportações e Investimentos).

 

O evento deve reunir mais de 250 expositores internacionais e mais de 18 mil visitantes, reunindo pessoas do Reino Unido, Itália, Alemanha, Espanha, EUA, Japão, Turquia e Coréia do Sul, entre outros países. Mais informações podem ser obtidas no Portal da Assintecal (www.assintecal.org.br).


PERFIL DA FRANÇA -
A França é o oitavo maior consumidor de calçados do mundo, algo em torno de 314,6 milhões de pares ao ano e é o país que detém o segundo maior consumo per capita, 5,6 pares/ano. Existem em torno de 212 empresas de calçados na França, situadas principalmente (78%) ao longo da costa do Litoral Atlântico. Mas a produção de calçados na França vem caindo vertiginosamente, sendo que nos últimos anos sofreu uma queda de quase 40%, fato que resultou em um aumento da importação de calçados para dentro do país. O Brasil encontra-se entre os 20 principais exportadores de calçados para a França. O couro destaca-se como o material preferido pelos consumidores da França. Entretanto, esse país apresenta uma peculiaridade: grande aceitação por produtos têxteis (41,1%). Os franceses normalmente apresentam uma postura formal de negociação e um tratamento relativamente distante e elitista, mas apesar disso são muito comunicativos, principalmente porque se valem de gestos e expressões faciais para se expressarem.

 

Sobre a Assintecal - Fundada em 08 de junho de 1983 com o objetivo principal de integrar as empresas brasileiras de componentes, ampliando a competitividade do segmento, a Assintecal tem sua Matriz em Novo Hamburgo (RS), além de sucursal em São Paulo (SP) e escritórios de atendimento em Franca (SP), Jaú (SP) e Birigui (SP). Atua n setor de componentes, que reúne 2148 empresas em todo o Brasil, 44,7% delas no Rio Grande do Sul e 38,6% em São Paulo. Ao todo, 340 são associadas à Assintecal, representando 85% da produção do segmento. A entidade atua através de quatro áreas principais: Representação e Ações Conjuntas, Promoção e Apoio a Negócios, Informações Estratégicas e Fortalecimento da Imagem do Setor

 

2006-2008 – Desde 2006 o propósito principal foi trabalhar pela integração entre as entidades, entre os associados e com órgãos e entidades internacionais. Alguns exemplos podem ser citados como resultado desta proposta, caso do Fórum de Inspiraçõçes, que unificou as pesquisas de moda para o setor. De 2006 a 2008, o setor de componentes realizou projetos de mais de R$ 21 milhões em investimentos (parceiros, empresas e Assintecal), com resultados qualitativos e quantitativos: 1.470 novos postos de trabalho criados, US$ 20.670.329,94 gerados em negócios imediatos, crescimento de 18,6% nas exportações do biênio 2006-2007, US$ 938.368.931,00 exportados somente em 2007 e novo incremento de 14,54% entre janeiro e maio deste ano, sobre o mesmo período do ano passado, somando US$ 415.532.955,00 nos cinco meses. Projetos focados em moda, design e tecnologia beneficiaram mais de 2.000 empresas. Os principais parceiros da Assintecal entre 2006 e 2008 foram a APEX-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), SEBRAE Nacional, SEBRAE SP, SEBRAE RS, SEBRAE MG, SEBRAEs Regionais e Ministério do Turismo.


Para os próximos dois anos, a Assintecal irá atuar alinhada a seu Planejamento Setorial, com a missão de promover o desenvolvimento da cadeia coureiro-calçadista brasileira, estimulando ações cooperativas, inovadoras e de atuação global dos associados. Estudos mostram que o caminho da diferenciação pelo design, inovação, tecnologia e originalidade são os mais adequados para o setor de componentes. Assim, diversas ações já estão planejadas para dar continuidade a este trabalho, multiplicando resultados. Há investimentos previstos de cerca de R$ 22 milhões em atividades de promoção comercial no Brasil e exterior, em todos os continentes; projetos de fomento à inovação tecnológica, apoio à produção de moda e design, ações institucionais, estudos de mercado, análises de cenário, capacitação gerencial e técnica, produção de conteúdos de inteligência comercial, ampliação dos convênios e relacionamentos internacionais já existentes, entre outras. Os parceiros são a APEX-Brasil, SEBRAE nacional e regionais e ABDI – Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial.


Os resultados esperados envolvem a capacitação de 1,6 mil empresas e mais de 5 mil profissionais, em média, a cada semestre, com atividades nos pólos calçadistas, aperfeiçoamento dos sistemas de comercialização das empresas, ampliação do número de empresas exportadoras (380 até dezembro de 2008), geração de 500 novos empregos a cada ano e aumento das exportações para US$ 1,1 bi/ano.

 


Recomendamos para você:
8ª Feira Lechaim Festas - Iate Clube de Santos, São Paulo
Toda a renda da venda dos convites é revertida ao Instituto ITACI, que cuida de crianças com câncer em SP.
David Marcondes interpreta Ned na Ópera Treemonisha de Scott Joplin
Solista do Theatro Municipal de São Paulo faz duas apresentações especiais com o Coro Luther King em comemorações a Consciência Negra nos dias 27 e 29 de novembro em ópera que se apresenta pela primeira vez no Brasil com uma orquestra completa.




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Eventos

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário