×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

EVENTOS

0

Zilda Brandão
27/11/2008 às 15:19hs




28ª Bienal de São Paulo: "em vivo contato" Curadores Ivo Mesquita e Ana Paula Cohen

Para falar de suas experiências e metodologias na organização de mostras dentro do modelo bienal em diferentes países do mundo, os diretores e curadores Gabriel Pérez-Barreiro (Bienal do Mercosul), Richard Armstrong (Carnegie International, EUA), Justo Pastor Mellado (Trienal do Chile) e Fernando Alvim (Trienal de Luanda, Angola) paraticipam neste sábado do ciclo de conferências Bienais, bienais, bienais..., promovido pela 28ª Bienal de São Paulo. A entrada é gratuita e por ordem de chegada.

A conversa faz parte do segmento Tipologias de Bienais, que pretende especular sobre uma possível tipologia de bienais e mostras sazonais, assim como seus diferentes propósitos e modos de desenvolvimento. Neste segmento, esses diretores e curadores de quinze projetos darão ao público a oportunidade de melhor entender suas funções, estruturas e motivações. Busca-se assim mapear o quadro existente da cultura das bienais no circuito artístico internacional, para que futuros caminhos possam ser pensados para exposições dessa natureza.

Em A Bienal Vista de fora, o outro segmento da plataforma, o principal objeto de análise é a própria Bienal de São Paulo. Nessas sessões, historiadores de arte e curadores internacionais indicam como a Bienal é vista no exterior e que princípios guiaram as escolhas feitas pelos diferentes países na definição de suas representações nacionais desde a primeira Bienal em 1951, levando-se em conta seus contextos social, nacional e histórico.

 

Programação:

 

01 de Novembro – “A Bienal Vista de Fora”

11h-17h

 

Michael Asbury (University of the Arts, Londres, Grã Bretanha)

Oriana Baddeley (University of the Arts, Londres, Grã Bretanha)

Isobel Whitelegg (University of the Arts, Londres, Grã Bretanha)

Tanya Barson (Curator of International Art, Tate Modern Gallery, Londres, Grã Bretanha)

 

08 de Novembro – “A Bienal Vista de Fora”

11h-17h

 

Santiago Garcia Navarro (Diretor do Confederation Centre Art Gallery and Museum, Canadá)

Sebastian Preuss (Pesquisador sobre bienais, Alemanha)

Anita Tapias (Diretora dos Museus Bolivarianos, Venezuela)

15 de Novembro – “Bienais do Mundo”

11h-17h

 

Lynne Cooke (Biennale of Sydney, Austrália)

Jack Persekian (Sharjah Biennial, Emirados Árabes Unidos)

Cristina Ricupero (Biennial for Art Schools)

Paolo Colombo (Istanbul Biennale, Turquia)

 

22 de Novembro – “Bienais do Mundo”

11h-17h

 

Adelaide Ginga (Bienal de São Tomé e Princípe)
Marieke van Hal (organizadora, ex –diretora da primeira Bienal de Atenas)

Bárbara Vanderlinden (Bienal de Bruxelas)

Khalil Rabah (Riwaq Biennial, Palestina)

 

29 de Novembro – “Bienais do Mundo”

11h-17h

 

Fernando Alvim (Trienal de Luanda, Angola)

Gabriel Perez-Barrero (Bienal do Mercosul)

Justo Pastor Mellado (Trienal do Chile)

Richard Armstrong (Carnegie International, EUA)

 

06 de Dezembro – “Bienais do Mundo”
11h-17h

 

Catherine David (Documenta X, Alemanha)

Michael Krichmann (InSite Biennial, San Diego e Tijuana)

Thierry Raspail (Biénnale de Lyon, França)
Gaby Horn (Diretora Berlin Biennial for Contemporay Art)

 

A Plataforma de Conferências, conversas e painéis tem importância fundamental entre os componentes da 28ª Bienal de São Paulo. Seu objetivo é promover uma reflexão sistematizada sobre as questões propostas pelo projeto curatorial, tanto em relação à história e ao papel da Bienal de São Paulo hoje, assim como sobre seu modelo de exposição. A produção resultante desse processo reflexivo será incorporada ao Arquivo Histórico Wanda Svevo da Fundação Bienal de São Paulo.

 

A plataforma de conferências está articulada a partir de quatro grandes temas :

 

A Bienal de São Paulo e o meio artístico brasileiro: memória e projeção

 

Backstage

 

Bienais, bienais, bienais

 

História como matéria flexível: práticas artísticas e novos sistemas de leitura

 

Além desses temas, a plataforma se completa com uma série de conversas com artistas internacionais cuja trajetória profissional está, de alguma forma, ligada à história das bienais.

 

Acesse a programação completa de todas as conferências e conversas com artistas em www.28bienalsaopaulo.org.br


Recomendamos para você:
Termina hoje (29/9) as inscrições para a segunda edição do BGS Cosplay Outback
Cosplayers de todo o Brasil têm uma oportunidade única de brilhar no próximo BGS Day, a superlive da Brasil Game Show que será realizada em 10 e 11 de outubro.
MESCLA XMAS - A Figueira Rubaiyat, Jardim Paulista, São Paulo
O Coletivo-Mescla com uma curadoria especial das experts Isabella Martucci e Cristiana Prado




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Eventos

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário