×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

DESTINOS

Localizada há duas horas da Cidade do México (cerca de 130 Km), Puebla, capital do estado homônimo, é uma joia rara da arquitetura colonial espanhola em terras mexicanas. Considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a cidade fundada em 1531 pelos esp

Zilda Brandão
26/03/2016 às 12:40hs


DESCUBRA PUEBLA

Cidade colonial próxima à capital do país é a opção ideal para complementar qualquer roteiro pelas paradisíacas praias do México



Localizada há duas horas da Cidade do México (cerca de 130 Km), Puebla, capital do estado homônimo, é uma joia rara da arquitetura colonial espanhola em terras mexicanas. Considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a cidade fundada em 1531 pelos espanhóis ergueu-se no vale de três vulcões e, por muito tempo, foi considerada sagrada, como uma morada dos anjos, haja visto as mais de 120 igrejas que se encontram na localidade.

Puebla também é o berço de pratos tradicionais da culinária mexicana, como do mole poblano, uma espécie de molho espesso escuro que leva mais de 30 ingredientes, incluindo chocolate, e do chile nogado, que é um pimentão recheado empanado com carne, pêssego, maça e pinhão e coberto com um molho de nozes ao toque de coentro e sementes de romã - de tão especial o prato só é servido entre julho e setembro.

Apesar de grande, com cerca de 3 milhões de habitantes, a cidade mantém os ares de província, fato que atrai muitos visitantes, e concentra as principais atrações em sua parte central. Três dias são suficientes para explorá-la com tranquilidade, dando tempo para desfrutar ao máximo de todas as atrações culturais e gastronômicas que o destino oferece.



Como na maioria dos municípios do México, o Zócalo (praça principal) é o ponto de partida do passeio. É nele que está a imponente Catedral Metropolitana com seu famoso sino. Reza a lenda que os anjos foram responsáveis por leva-lo à torre uma vez que os construtores não conseguiam pensar em uma maneira de o fazer. Certo dia os habitantes da cidade acordaram com o badalar do instrumento sem entender quem o havia içado. Só poderia ser obra divina, não?

Na charmosa praça com seus prédios de arquitetura colonial estão os bares e restaurantes. Esses colocam mesas na parte de fora, criando uma atmosfera bastante agradável. Outro ponto para se observar a movimentação do Zócalo são os rooftops de alguns prédios na própria praça. Ainda ali se encontra o Palácio Municipal e uma bela fonte do século 17.

Próximo está o mercado de artesanato El Parián. Ótimo endereço para se observar a cerâmica local, uma das mais tradicionais do país, e fazer algumas comprinhas. O passeio pode ser seguido Barrio Del Artista, onde artistas trabalhando na rua e pequenas galerias se multiplicam. O Café Amparo é um ótimo endereço para se apreciar boa música todas as noites. Ainda por ali há o Teatro Principal e sua imponente arquitetura do século 18 (o edifício foi inaugurado em 1760).

Outro ponto que não pode faltar na visita é a Biblioteca Palafoxiana, que fica no último andar do antigo Colégio de San Juan. Foi fundada em 1646 e possui um acervo de mais de 46 mil livros.



Puebla é uma daquelas cidades que não precisa de roteiro. Vale um mapa na mão, as principais atrações para visistar e se deixar levar pela cidade e suas ruas charmosas e encantadoras.

BOX - Nas redondezas

Bem próximo de Puebla, cerca de 25 Km, está o "Pueblo Magico" de Cholula. Vale utilizar meio dia para conhecer as ruinas da gigantesca pirâmide pré-asteca, que chegou a ter 66 metros de altura e 450 metros em cada lado da base. Nessa região habitou o povo cholulteca.

www.visitmexico.com

Recomendamos para você:
Dólar alto: como economizar na Disney
Analisar a época do ano, estadia e promoções são algumas das dicas para aproveitar os parques de Orlando
10/09: EXPO SKI - Sociedade Hípica Paulista, São Paulo
Já são cerca de 40 expositores - contra 20 da primeira edição realizada em 2018, com a estreia de ski resorts da França e da Áustria




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Destinos

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário