×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

DESTINOS

Considerados pelos maias como espaços sagrados para a comunicação com os deuses e porta de entrada para o outro mundo, os cenotes me

Zilda Brandão
05/11/2014 às 15:42hs


O país conta com mais de 7 mil cenotes – poços naturais profundos ligados à cavernas

Vista do cenote de Cuzumá + vídeo
Cenote de Cuzumá


Considerados pelos maias como espaços sagrados para a comunicação com os deuses e porta de entrada para o outro mundo, os cenotes mexicanos são verdadeiras obras de arte da natureza. Cercados de histórias e muito misticismo, mergulhar nessas águas transparentes, subterrâneas e cristalinas certamente é uma experiência única e merece ser incluída na lista de "Coisas para se fazer antes de morrer" de todo aventureiro.

Formados há mais de 14 mil anos, estima-se que haja cerca de 7 mil cenotes espalhados pelo país e é possível encontrá-los principalmente em sítios arqueológicos ou próximo deles. A palavra cenote vem do maia Dzonot, que significa poço ou buraco, e tem como característica marcante a excelente visibilidade: cerca de cem metros, algo impensável em mar aberto.

Não é permitido nadar em todos os cenotes. Um dos mais famosos, o Cenote Sagrado, que fica em Chichén Itzá, no estado de Yucatán, por exemplo, está fechado há mais de 40 anos. Os arqueólogos aguardam permissão do governo mexicano, desde 2008, para poder estudá-lo. Isso porque esse poço natural foi local de sacrifícios humanos.

Cenote Aktun Chen, uma caverna com mais de 5 milhões de anos
Cenote Aktun Chen


O arrepio é certo ao entrar no Cenote Aktun Chen, uma caverna com mais de cinco milhões de anos, localizada a 10km de Tulum. Enormes estalactites e estalagmites aparecem em cada canto dos 500 metros de passeio subterrâneo. O visitante que quiser conhecer essa incrível estrutura natural contará com um guia que compartilhará histórias e dados geológicos da caverna e da região. As formações rochosas na penumbra são impressionantes e é impossível não ter a sensação de estar vivendo uma aventura. Aktun Chen significa na língua maia "muito dentro da caverna". Você conseguirá entender isso melhor quando mergulhar nesse cenote.

Quem não quiser mergulhar nos cenotes, pode praticar snorkel ou relaxar vendo as estupendas paisagens. Para ir a esses locais, normalmente é preciso pagar uma pequena taxa de visitação em torno de R$ 10.

Recomendamos para você:
A Ilha Feliz do Caribe: o lugar perfeito para viver momentos em família
Com diferentes atrações para todas as idades, Aruba é uma ótima opção para viajar e se divertir com as crianças
MONTALCINO - Província de Siena, Itália - A cidade do Vinho Brunello de Montalcino. Por: Zilda Brandão
Montalcino é uma parada obrigatória não só pela sua beleza e história mas também para os amantes de um dos mais precisoso e apreciados vinhos do mundo.




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Destinos

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário