×
HOME BELEZA BUSINESS E NEGÓCIOS CULTURA DESTINOS EVENTOS GASTRONOMIA HOTELARIA MODA PETS SOCIAL TURISMO ZILDA BRANDÃO DICAS DE VIAGEM QUEM SOMOS TV ZILDA BRANDÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS FALE CONOSCO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

DESTINOS

0

Zilda Brandão
28/08/2012 às 10:30hs


Alto & Médio Rio Negro - 9 Dias

Arquipélago de Mariuá - Parque do Jaú - Anavilhanas - Novo Airão

O Alto e o Médio do Rio Negro é a mais índigena e a mais selvagem de todas as regiões brasileiras. Uma viagem inesquecível para quem procura entrar em contato com a natureza mais pura do país e também conhecer de perto a vida dos nativos e do império Yanomami.

Rio Negro - Amazonas Rio Negro - Amazonas

O roteiro começa em São Gabriel da Cachoeira, a cidade com a maior população índigena do país e a primeira a ter eleito um índio como prefeito. A equipe Katerre recepcionará o viajante no aeroporto e fará em seguida um city-tour pela Cabeça de Cachorro, apelido carinhoso que o município ganhou pelo formato do seu território. Após um almoço regional o grupo desce as corredeiras do Rio Negro de voadeira até o porto de Camanaus, onde de fato a expedição começa.
São Gabriel da Cachoeira - Amazonas

O primeiro local a ser explorado é o Pedral do Jacaré, no Rio Yanuri. Lá o turista poderá entrar no território Yanomami, conhecer os costumes, interagir com índios aculturados e passear pelas comunidades Tessado e Jacamin, agroflorestas e cachoeiras. Há a possibilidade de se praticar esportes com os moradores e realizar uma incursão de voadeira. No outro dia o território índigena Baré é o destaque, onde o viajante aproveitará as praias, festas, passeios de voadeira para vizualização de animais silvestres únicos e bate-papo com locais. A noite, a pedida é pesca e focagem de animais noturnos, como as arraias.
Índios Yanomamis - Amazonas, Brazil

Dentro do território, encontra-se a Serra da Ariranha, que margeia majestosamente o rio. Nesta parte, o grupo subirá até o cume, cerca de 250m, e contemplará o pôr-do-sol, aves raras e a vegetação tropical de altitude que forra toda paisagem. O platô de pedras é o lugar ideal para o grupo realizar exercicíos de meditação antes de voltar para o barco.

A área a ser explorada é o Pedral do Tucunaré e as comunidades do Tacacá e de Boa Esperança. O turista poderá optar entre fazer passeio de voadeira pelos pedrais, praias e igarapés ou ir ao sítio histórico de São Agostinho ou ainda interagir com os nativos, praticar esportes e comprar artesanatos. No dia seguinte, a primeira visita é na antiga capital do estado do Amazonas, Barcelos, pelos locais históricos. Depois, o tour continua para o Arquipélago de Mariuá, onde o grupo poderá nadar no rio e admirar milhares de papagaios durante um pôr-do-sol deslumbrante. Mariuá é o maior arquipélago fluvial do mundo e a expedição tem um dia livre para explorar as principais ilhas, passando pela Vila do Carvoeiro, o encontro do Rio Negro com o Rio Branco e pelas samaúmas do Mirapínima, as maiores árvores da região.
Pedral do Tucunaré - Amazonas, Brazil

O oitavo dia é dedicado para lazer aquático, com direito a bóias, canoas e pic-nics em platôs. Sendo tudo em um dos mais belos locais do Baixo Rio Negro, as cachoeiras do Rio Pauini. No último dia, um dos passeios mais esperados, o mergulho com botos cor-de-rosa, é o destaque. Depois navegação até Novo Airão, onde será realizado um city tour e visita ao Serpentário Arambóia.
Rio Pauini - Amazonas

Por fim o grupo é acompanhado pela equipe até o aeroporto de Manaus.


Recomendamos para você:
Parque das Aves bate recorde de visitação anual
Mais de 930 mil visitantes em 2019. O atrativo teve um aumento de mais de 100 mil visitantes comparado com 2018, seu recorde anterior.
Natureza e aventura entre salinas, selvas e desertos
Roteiro da Vivee Experiences visita destinos atrativos da Argentina e do Chile




ENVIE PARA UM AMIGO

Leia mais sobre Destinos

LEIA TAMBÉM:
COMENTÁRIOS


Adicione seu comentário

Nome:
Email:
Cidade e Estado:
Comentário