Image Slider Theme - Jssor Slider, Carousel, Slideshow with Javascript Source Code
Volição
Moto Perpetuo
Passagem
O Fio da Meada
Natuperambulante
Ingra in wonderland
Casa própria
Abraxas
Camara de Cultivo
Memorias da Infância
O sonho no sono da razão
A hora da sua vez
A espera
O passeio de Sybilla
Sobre-vivente
Arquehumanologia
A árvore do Magritte
Foz
Alfandega
Independência
Visto de entrada
Encefalopodepatia
Passagem para Oz
Relicário
Toque de recolher
Ponto de controle
jQuery Slider


CULTURA
70? Década do Divino Maravilhoso - Doc. Musical
22/02/2019 às 08:58



As Frenéticas Dhu Moraes, Leiloca Neves e Sandra Pêra estrelam espetáculo de Frederico Reder e Marcos Nauer que revisita uma das mais explosivas décadas

70? Década do Divino Maravilhoso - Doc. Musical
Foto divulgação: Robert Schwenck

Depois do sucesso de 60! Década de Arromba - Doc. Musical, que apresentou Wanderléa à frente do elenco, estreia dia 14 de março, quinta-feira, 20h30, no Theatro Net São Paulo, o espetáculo 70? Década do Divino Maravilhoso - Doc. Musical, produção que faz parte da tetralogia do idealizador, produtor e diretor Frederico Reder e do roteirista, dramaturgo e pesquisador Marcos Nauer.

Em cena, momentos marcantes dos anos 1970 em diversas esferas: política, moda, comportamento, esportes e artes em geral são embalados por mais de 250 músicas brasileiras e internacionais, divididas em duas partes, como num disco de vinil, em lado A (1970-1976) e lado B (1977-1979) – muitas das músicas são apresentadas em pequenos fragmentos.

As Frenéticas Dhu Moraes, Leiloca Neves e Sandra Pêra são as três cerejas do musical, no bloco dedicado à febre das discotecas, fenômeno nas pistas de todo o mundo há exatos 40 anos.

De forma cronológica, depoimentos, fotografias e vídeos desfilam num grande telão. A superprodução, apresentada pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros, conta com 24 jovens talentos, uma orquestra de dez músicos, 20 cenários, 300 figurinos, toneladas de luz e som e mais de 100 profissionais.

O título do musical traz uma interrogação porque propõe questionamentos sobre as dualidades do período. “Uma década de incertezas”, como conceitua Cid Moreira em uma das retrospectivas apresentadas em projeção dentro do espetáculo. Com coreografia  e direção de movimento de Victor Maia, o espetáculo tem figurino de Bruno Perlatto, iluminação de Césio Lima, direção musical de Jules Vandystadt, cenografia de Natália Lana e direção de produção de Maria Siman.

Na timeline do musical, o tropicalismo, o glam rock, o punk e o reggae são revisitados com suas emblemáticas canções. De Novos Baianos (“A Menina Dança”) a David Bowie (“Starman”), de Raul Seixas (“Há Dez Mil Anos Atrás”) a Led Zeppelin (“Stairway to Heaven”), de Mutantes (“Top Top”) a Queen (“Bohemian Rapsody”), de Caetano Veloso (“Sampa”) a Donna Summer (“Last Dance”) e de Bob Marley (“No Woman, No Cry”) a Sex Pistols (“Anarchy in the UK”).

“Reunimos teatro, documentário e música. Este formato propõe um novo olhar para a forma de se fazer musical”, diz o diretor Frederico Reder. “O doc.musical não apresenta a biografia de nenhum artista, porque o olhar está no coletivo, numa época, portanto, é de fato, a música a protagonista”, explica Nauer, que assina a pesquisa, texto e dramaturgia.

"Em toda a América Latina, a ditadura apertava o cerco, a censura era intensa e a liberdade, cerceada. Os anos 70 mostraram caminhos possíveis por meio da arte, da música e da dança. E em todos eles era preciso ser forte para sonhar com um mundo novo e melhor”, pondera Nauer. “Foram anos de luta e força. Há canções que captam essa aura, e outras de muita beleza, com a  explosão de alegria da disco music”, acrescenta Reder.

70? Década do Divino Maravilhoso - Doc. Musical
Foto divulgação: Robert Schwenck


Sobre Frederico Reder

À frente da Brain+ (que nasceu Brainstorming Entretenimento), aos 35 anos, Frederico acumula as funções de artista e empresário. Em 2015 recebeu o prêmio APTR, dos produtores teatrais do Rio de Janeiro. Foi indicado a 25ª edição do Prêmio Shell de Teatro na categoria Especial, pela reforma e reabertura do teatro Tereza Rachel no Rio, o Net Rio, e ganhador do prêmio São Sebastião de Cultura da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

Dirigiu o The Big Show, do Marinhos Circus, no deserto da Arábia Saudita, de 2004 a 2006, em Gedah, cidade ultraconservadora a 90 km de Meca. O circo era formado por 40 homens, por conta das restrições religiosas do país, que impedem as mulheres de mostrar o rosto e o corpo em lugares públicos.

Depois de conquistar diferencial em sua área, a Brain+ completa 10 anos e movimenta o setor da economia criativa no Brasil. Com experiência no mercado de entretenimento, mantém seis teatros e um circo - Theatro NET São Paulo, Theatro NET Rio, Theatro Bangu Shopping (Rio), Theatro Via Sul (Fortaleza), Teatro Iguatemi (Campinas) e Teatro Dr. Botica, no Tatuapé, zona Leste da capital paulista, além do circo em parceria com a marca Patati Patatá, no ABC. A operação dos Net Rio e Net São Paulo é viabilizada por meio de contratos de naming right/patrocínio com a empresa de serviços de telecomunicações e entretenimento via cabo Net.

A Brain+ traz em seu catálogo a produção espetáculos como Tango, Bolero e Cha Cha Cha; O Pacto das 3 Meninas; Romeu e Julieta; e, Avenida Q, Qualquer Gato Vira-Lata Tem a Vida Sexual Mais Sadia Que a Nossa; E Aí, Comeu?; Constellation, O Musical; O Último Lutador; Ou Tudo Ou Nada e 60! Década de Arromba – Doc. Musical.

SERVIÇO:

70? Década do Divino Maravilhoso - Doc. Musical

Theatro NET São Paulo - Shopping Vila Olímpia, 5º andar - Rua Olimpíadas, 360. Estreia dia 14 de março, quinta, às 20h30. Temporada: De 14 de março a 30 de junho de 2019. Datas e horários: Quintas e Sextas - 20h30. Sábados: 17 e 21h. Domingos: 17h. Classificação: 14 anos.Duração: Aproximadamente 180 minutos com intervalo de 15 min. Gênero: Musical

Ingressos

Quinta e Sextas-feiras:

Plateia Central - R$ 160,00 (Inteira) - R$ 80,00 (Meia)

Plateia Lateral - R$ 160,00 (Inteira) - R$ 80,00 (Meia)

Balcão I - R$ 120,00 (Inteira) - R$ 60,00 (Meia)

Balcão II -R$ 75,00 (Inteira) - R$ 37,50 (Meia)


Sábados:

Plateia Central - R$ 220,00 (Inteira) - R$ 110,00 (Meia)

Plateia Lateral - R$ 220,00 (Inteira) - R$ 110,00 (Meia)

Balcão I - R$ 180,00 (Inteira) - R$ 90,00 (Meia)

Balcão II -R$ 75,00 (Inteira) - R$ 37,50 (Meia)


Domingos:

Plateia Central - R$ 200,00 (Inteira) - R$ 100,00 (Meia)

Plateia Lateral - R$ 200,00 (Inteira) - R$ 100,00 (Meia)

Balcão I - R$ 160,00 (Inteira) - R$ 80,00 (Meia)

Balcão II -R$ 75,00 (Inteira) - R$ 37,50 (Meia)


FICHA TÉCNICA

Texto - Marcos Nauer

Direção - Frederico Reder

Participação especial das Frenéticas: Dhu Moares, Leiloca Neves e Sandra Pêra



Envie por email para um amigo

Leia mais sobre Cultura


COMENTÁRIOS

Não há comentário postado até o momento

COMENTE

Seu nome:
Seu email:
Deixar seu email visível: 
Cidade/Estado:

Escreva seu comentário


Digite o código abaixo:
34476



Canadá Inesquecível

HOME
QUEM SOMOS
FALE CONOSCO
TV ZILDA BRANDÃO
COLUNA ZILDA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mira & Destino é um site de informações turísticas, gastronômicas, negócios e novidades no mercado voltado para o público de alto luxo. Nossa intenção é trazer sempre o que de melhor acontece no mundo
BUSCA DE NOTÍCIA
RECEBA NOTÍCIAS