Image Slider Theme - Jssor Slider, Carousel, Slideshow with Javascript Source Code
Volição
Moto Perpetuo
Passagem
O Fio da Meada
Natuperambulante
Ingra in wonderland
Casa própria
Abraxas
Camara de Cultivo
Memorias da Infância
O sonho no sono da razão
A hora da sua vez
A espera
O passeio de Sybilla
Sobre-vivente
Arquehumanologia
A árvore do Magritte
Foz
Alfandega
Independência
Visto de entrada
Encefalopodepatia
Passagem para Oz
Relicário
Toque de recolher
Ponto de controle
jQuery Slider


CULTURA
CURITIBA - SOMA Galeria apresenta exposição inédita de Mano Penalva com curadoria de Josué Mattos
13/03/2018 às 22:40



Curitiba, 03/2018 - Lide Multimídia - A SOMA Galeria recebe a exposição ‘truk(?), individual do artista baiano Mano Penalva, com abertura em 17 de março (sábado) às 11h. O artista estará presente, assim como o curador Josué Mattos, que prepararam uma mostra inédita para a SOMA Galeria, composta por obras produzidas entre os anos de 2015 e 2017, transitando entre pinturas, foto, instalações e vídeo que evidenciam a oralidade, a gestualidade e a materialidade da circulação das coisas no mundo.

CURITIBA - SOMA Galeria - Mano Penalva -  curador Josué Mattos - Arte - Cultura

‘truk(?) é composta por trabalhos de diferentes séries realizadas por Mano Penalva nos últimos anos. Essa escolha, tomada juntamente com ocurador Josué Mattos, traz para o espaço expositivo o processo de criação do artista, com trabalhos dispostos quase como um sistema de venda de rua, mas que também respeita a lógica e disposição dos materiais e trabalhos no ateliê do artista.



"Gosto de pensar que meu trabalho é sobre as coisas do mundo, onde a improvisação, reutilização e reconfiguração estão em jogo", comenta Mano Penalva. “Me interesso na forma cotidiana da construção urbana ou rural, uso decorativo e prático do material, que de alguma forma refletem as realidades sócio-econômicas e culturais da população”, completa.



O nome da exposição é pensado como algo falado, seguindo o sistema de escrita que representa os sons da fala. Dessa forma, Mano Penalva valoriza o gesto e a oratória presentes nas relações de negociação de mercados e o comércio de rua, partindo de um contexto no qual mais importante do que simplesmente contar uma história é a necessidade de motivar as pessoas a agir ou entreter.

"Muitos materiais e objetos estão no meu ateliê, ou me deparo com uma certa constância nas minhas pesquisas na rua. De tanto eu conviver e olhar, parece que ganham novas possibilidades. Há uma certa porosidade em tudo que olhamos com um tempo mais devagar e afetuoso”, reflete o artista. “Nessa exposição trago trabalhos que fazem parte de séries distintas da minha produção, mas que traduzem meu processo de aprendizagem, encantamento e criação"



A exposição é regida pelo som vazado do vídeo Aparelhagem, que a partir da edição  de um registro do “jogo das tampinhas”, o artista cria uma espécie de repente - um canto que se dá em forma de improviso poético, alternado entre dois cantores.

Sobre o artista e o curador

N
ascido em Salvador (BA), Mano Penalva vive e trabalha em São Paulo. No Rio de Janeiro, formou-se em Comunicação Social (2008, PUC-RJ), cursou Ciências Sociais (PUC-RJ) e frequentou cursos livres de arte no Parque Lage (2005-2010, RJ). Entre as exposições individuais, estão “Andejos”, “Estado Sul” (ambas de 2017), “Balneário” (2016) e “Deslocamento – Qual Casa” (2015). Participou também de diversas coletivas no Brasil e no exterior (Espanha, Paris, Itália e EUA).

Josué Mattos é um conceituado curador e historiador de arte do Brasil. Em 2009, concluiu o mestrado em Práticas Curatoriais, na Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne (na França). Foi membro do comitê de indicação do PIPA, importante prêmio de arte contemporânea, em 2015 e 2017.  A convite do Sesc-SP, concebeu e assumiu a curadoria geral da primeira edição de Frestas – Trienal de Artes. Desde 2010 realiza ateliês de acompanhamento de projetos de arte, debates e júris de salão de artes, em diversas cidades brasileiras. É editor da Revista Binômios e trabalha no desenvolvimento do Centro Cultural Veras, em Florianópolis (SC), onde vive e trabalha.

Serviço:
Exposição: ‘truk(?), de Mano Penalva
Abertura: 17 de março (sábado), das 11h às 18h
Período de exposição: de 19 de março a 04 de abril de 2018
Horário de visitação: de terça a sexta-feira das 10h às 19h e sábado das 10h às 15hLocal: SOMA Galeria
Endereço: Rua Brigadeiro Franco, 2137, Centro (Curitiba, PR)

Site: www.somagaleria.com

Entrada gratuita





Envie por email para um amigo

Leia mais sobre Cultura


COMENTÁRIOS

Não há comentário postado até o momento

COMENTE

Seu nome:
Seu email:
Deixar seu email visível: 
Cidade/Estado:

Escreva seu comentário


Digite o código abaixo:
34509



Canadá Inesquecível

HOME
QUEM SOMOS
FALE CONOSCO
TV ZILDA BRANDÃO
COLUNA ZILDA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ANTONIO SALANI

Mira & Destino é um site de informações turísticas, gastronômicas, negócios e novidades no mercado voltado para o público de alto luxo. Nossa intenção é trazer sempre o que de melhor acontece no mundo
BUSCA DE NOTÍCIA
RECEBA NOTÍCIAS

Desenvolvimento: Anderson Luiz